top of page

CEI Vereador Rubens Granja

Você já pensou como seria se bebês e crianças tomassem as ruas para falar, dizer o que pensam, o que querem, como vivem e sonham a cidade?


Você já pensou como seria se bebês e crianças tomassem as ruas para falar, dizer o que pensam, o que querem, como vivem e sonham a cidade?


Rubem Alves dizia que gostaria que os currículos escolares fossem como a Banda, de Chico Buarque de Holanda, que saíssem às ruas para falar sobre coisas de amor. É preciso entender esse amor não como um amor piegas. É preciso entender esse amor como um amor valente, que conserva a alegria do anúncio, mas traz a denúncia dos problemas e das inquietações, que coloca a vez e a voz das crianças nas ruas e na cidade. É preciso compreender esse “amor” que transforma currículos e propostas pedagógicas para que os aprendizados e os conhecimentos sejam sentidos e façam sentido para todos: familiares, educadoras(es), crianças e cidade.


Conheci o Projeto do CEI Vereador Rubens Granja (http://cei-vereadorrubensgranja.blogspot.com/) por intermédio da Coordenadora Pedagógica Natalia Tazinazzo e das Professoras Carla Cristina Lira Ferreira e Tainã Brasil Pantarotto Pelat, quando apresentaram o projeto na IV Jornada Pedagógica de Educação Infantil, promovida pela Secretaria Municipal de Educação da Prefeitura da Cidade de São Paulo.


Com muita alegria compartilhamos essa experiência baseada no conceito de cidade educadora no nosso site. É pedrinha preciosa de quintal porque fala de proposta pedagógica de viver a infância na cidade com a participação efetiva de bebês e crianças pequenas. O quintal do CEI Vereador Rubens Granja (http://cei-vereadorrubensgranja.blogspot.com/) é tão grande que não cabe dentro dos muros da unidade, ele avança pelas ruas e pela comunidade. As(os) educadoras deste Centro de Educação Infantil público, enxergam a potência da participação ativa de bebês e crianças pequenas na construção da cidade e investem em ações de ocupar e existir nos espaços públicos.


Partindo de pressupostos e de diretrizes legais e curriculares, as(os) educadoras(es) desenvolveram processo de formação para pular os muros do CEI, conhecer e explorar o entorno, estreitaram diálogos com as famílias, teceram relações com outros equipamentos públicos, ocuparam a cidade para ampliar a pesquisa de projetos que realizam com as pequenas e os pequenos.


As educadoras e crianças do CEI Vereador Rubens Granja (http://cei-vereadorrubensgranja.blogspot.com/) sabem como diria Paulo Freire que “o respeito à autonomia e à dignidade de cada um é um imperativo ético e não um favor que podemos conceder ou não conceder uns aos outros’. Sabem perfeitamente que não se prepara cidadão para o futuro se não se vive a cidadania do agora, que as crianças só serão cidadãs se ocuparem e existirem participando ativamente da vida da cidade.


Apreciem a leitura do Projeto “Bebês, Crianças e a Cidade: Uma Possibilidade Educadora” e acessem o Blog do CEI (http://cei-vereadorrubensgranja.blogspot.com/).


A narrativa do CEI Vereador Rubens Granja materializa a forma de pensar educação das crianças que Francesco Tonucci defende em “A Cidade das Crianças”. A comunidade do CEI é como a Banda do Chico: pula os muros da escola e sai pelas ruas, toma a cidade só para cantar coisas de amor!


Facebook do CEI:


relato Nati- Lapietra Educação
.pdf
Fazer download de PDF • 6.60MB

143 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page